Carreira

Gerente de Redes Sociais: profissão em alta no mercado de marketing digital

Carreiras em mídias sociais são cada vez mais necessárias nas empresas de todo o  mundo. E não é diferente no Brasil, embora o mercado ainda esteja começando a amadurecer, as organizações já entenderam a importância de marcar presença digital, por exemplo, no Instagram e Facebook que são as redes sociais mais usadas em nosso país.

E para isso, é necessária a contratação de profissionais qualificados inclusive em posições de liderança. Por esse motivo, Gerente de Redes Sociais é um cargo em alta no meio digital que oferece salários atrativos para os profissionais de Comunicação ou Marketing (cerca de R$ 5 mil – remuneração inicial) .

Quer conhecer mais sobre a vaga de Gestor de Mídias Sociais? Então acompanhe este post até o fim porque você vai descobrir como se preparar para exercer essa profissão que já foi considerada do futuro. Mas, que agora é fundamental nas empresas que utilizam estratégias avançadas de Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing. Confira! 

O que é um gestor de redes sociais

É quem está à frente de todo o processo de planejamento, execução e análise de mídias sociais de uma empresa. O que colabora com o Branding e facilita a criação de vínculo com clientes atuais e potenciais. 

Sem contar que uma boa gestão de redes sociais ainda contribui com o crescimento da receita. Isso porque ter conceito único aumenta consideravelmente as chances das marcas serem amadas e lembradas. Além, é claro, de seus produtos ou serviços serem mais adquiridos.

Gorila da Gorilla Brand

Gerar comunidade e relacionamento é a principal função do trabalho em Redes Sociais segundo o Diretor Fundador da GorillaBrand Agency, Hector Muniz. ”Quando trabalhamos com social media, sempre consideramos o espectro do relacionamento como uma ferramenta de apoio ao que esperamos de resultado no ROI” – esclarece ele.  

Mas, vale lembrar que para isso ocorrer, é necessário que o profissional entenda bastante de processos gerenciais e até mesmo de ferramentas e suas vantagens e desvantagens para tomar as melhores decisões. 

O que faz um gerente de social media

Une análise, criatividade e estratégia para que a equipe de redes sociais, sob sua liderança, consiga conectar a marca aos usuários no Instagram, YouTube, etc. de maneira positiva criando assim um vínculo forte entre empresa e pessoas. Para isso, esse profissional realiza uma série de atividades como: 

  • Planejamento, criação e análise em mídias sociais

  • Toma decisões com base em métricas e dados de monitoramento das redes sociais  da empresa 

  • Cria o tom de voz da marca que deve ser seguido não apenas nas mídias sociais, mas do site ao atendimento 

  • Conhece profundamente quem é o público-alvo da organização e como se comporta nas redes sociais, além de acompanhar a concorrência para fazer a análise de cenário e estabelecer social benchmarking 

  • Define quais mídias sociais a empresa deve investir em presença digital  

  • Aprova planejamento editorial e melhores formatos de conteúdo a serem postados em cada social media

  • Analisa indicadores 

  • Elabora planos estratégicos, táticos e operacionais para a empresa inclusive plano de gestão de crise para redes sociais 

  • Apresenta relatórios para a diretoria

Assim como em outros cargos gerenciais, esse profissional atua também liderando pessoas. Sua equipe normalmente é composta por Analista de Redes Sociais, SAC 2.0, Estagiário de Marketing Digital ou Redes Sociais e Coordenador de Mídias Sociais. Sendo o Gestor de Redes  Sociais subordinado à diretoria. 

Como se tornar gerente de redes sociais

Muitas empresas podem colocar cargos com nomes diferentes e até inserir a Gerência de Social Media em Comunicação e Marketing. Mas, para ser Gerente de Mídias Sociais, você precisa ter experiência de cerca de 5 anos. Portanto é necessário ter passado pelo operacional como Analista de Mídias Sociais e já ter experiência em cargo de liderança  tendo exercido a função de coordenador. 

Trilha de carreira

  • Gerente de redes sociais
  • Coordenador de redes sociais
  • Supervisor de Comunicação, Marketing ou Mídias Sociais
  • Analista de redes sociais
  • Trainee/Estagiário de redes sociais

Formação e experiências profissionais

  • Graduação em Comunicação Social (Jornalismo, Publicidade ou Relações Públicas) ou em Marketing Digital 
  • Ter vasta experiência com gestão de projetos e processos em social media, coordenação de equipes de Mídias Sociais e gerenciamento de crises na área
  • Ser hard user de redes sociais é fundamental 
  • Ter domínio das principais ferramentas de monitoramento, planejamento e análise de redes sociais (Analytics) e de influenciadores digitais
  • Ter conhecimento de SEO, metodologias ágeis, Branding, mas entender tudo sobre o negócio da empresa, de Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo 
  • Desenvolver liderança, perfil analítico, criativo, inovador e senso crítico

Diferenciais competitivos 

  • MBA em Gestão de Redes Sociais, Marketing Digital, Inteligência de Negócios ou Gestão e Liderança costuma ser um diferencial  
  • Domínio de Inglês Fluente e/ou Espanhol

Quanto ganha um gestor de social media

salario-redes-sociais

O salário do gerente de redes sociais costuma variar de acordo com o porte da empresa que o profissional vai trabalhar, com o nível de experiência da pessoa e até mesmo com a região do Brasil que atua. 

De acordo com o Glassdoor, a média salarial de um Gerente de Redes Sociais é R$ 2.052 podendo chegar a R$ 9.000 (o que é considerado uma remuneração alta). Já a Associação Brasileira de Agentes Digitais (ABRADI), constatou que o salário médio, em 2018, para o cargo de gerente de redes sociais era em torno de R$ 10 mil.

Segundo o site Vagas.com, um coordenador de mídias sociais, que é o cargo abaixo do Gerente de Redes Sociais, recebe em média no Brasil, R$ 3.071,00 sendo que em cargo sênior a remuneração pode chegar a R$ 4.862. Portanto um gestor de mídias sociais júnior pode esperar ganhar algo em torno de R$ 5.000 como remuneração inicial.  

Conclusão

Ser Gerente de Redes Sociais não é tarefa fácil. Para conquistar a vaga, é necessário anos de experiência no mercado, desenvolver competências como liderança e perfil analítico. Mas, não é impossível chegar lá, principalmente quando você planeja sua carreira em Mídias Sociais com bastante antecedência.   

Com tantos degraus a serem superados, é preciso ter foco, planejamento, determinação e visão de carreira. Isso tudo sem deixar de acompanhar as inovações do mercado e aprofundar seus conhecimentos específicos sobre mídias sociais. 

Por esses motivos uma Mentoria de Instagram pode facilitar muito atingir seu objetivo. Isso porque você vai aprender com experts na área o que precisa para se tornar um Gestor de Mídias Sociais em aulas individuais e personalizadas planejadas para esse propósito.

Webinar como rodar a sua estratégia de social media 

Mentoria, curso presencial e consultoria: entenda o que é cada um

Aprender coisas novas pode até turbinar seu currículo, mas o investimento em conhecimento pode resultar em algo além.

Tudo vai depender do seu real objetivo com aquele aprendizado. 

O curso de extensão presencial normalmente é a primeira opção que passa na cabeça de quem quer aprender e ainda ampliar a rede de contatos.

Mas, hoje em dia, existem outras alternativas que podem colaborar para sua realização profissional como, por exemplo, a mentoria.

Não sabe o que esperar dela? Acha que é uma mistura de consultoria com aulas normais em turmas? Então fique ligado porque esse post Marketagem é para você!

Cursos de extensão presenciais

São conjuntos de aulas ministradas pessoalmente por professores em turmas sobre determinado assunto que ele domina (independente de ter vivência no mercado).  

A base dos cursos de extensão, presenciais ou online, é a transferência de conhecimento por meio de teoria e exercícios para que o conteúdo explicado seja fixado pelo aluno (que pode ou não colocar os ensinamentos em prática fora de sala).

Normalmente, os estudantes assíduos que realizam todas as atividades propostas pelo professor recebem certificado de conclusão ao término. 

Quando curso presencial é a melhor opção para você

Se o seu foco é aprender mais sobre um determinado conteúdo ou ferramenta para ter um diferencial competitivo e ainda conhecer profissionais da área (o que facilita o networking), os cursos presenciais são recomendados para você.

Antes de realizar a matrícula, a dica é sempre conferir a grade curricular e quem são seus professores para ter certeza que as aulas irão atender suas expectativas.

Além disso, vale mais a pena aprender com quem tem vivência de mercado porque esse profissionais costumam relacionar o conteúdo com a prática, dando dicas e compartilhando cases.  

E você ainda entra em contato com outras pessoas que já atuam no mercado e até mesmo podem oferecer informações que vão fazer a diferença além da sala de aula como, por exemplo, compartilhar vagas abertas na empresa que trabalha ou que  algum conhecido é colaborador (às vezes até indicar você para uma entrevista de emprego) e por aí vai…

Aqui no Marketagem, temos o curso Meu Primeiro Cliente, que atende quem quer adquirir experiência e conhecimentos em Marketing Digital e quer vivenciar na prática a venda e execução de um projeto. 

Os alunos são apresentados para uma empresa, entendem as demandas dela e montam um projeto para atender o negócio ao decorrer do curso.

Na última aula, os alunos fazem uma apresentação do projeto em uma proposta comercial e se “der match” a empresa vira cliente, daí o nome do curso.

O que é mentoria

 

Quando você tem encontros com um especialista no assunto que quer aprender tendo como foco um objetivo profissional pré-determinado por você, isso é conhecido como mentoria.

Então na prática são aulas presenciais particulares personalizadas de acordo com a necessidade do aluno ministradas por experts no conteúdo abordado em cada módulo. 

Com grade curricular pensada especialmente para você, com base nos resultados que quer atingir na vida profissional, a mentoria requer conhecimento prévio de onde você está agora e onde pretende chegar. 

Por esse motivo, ao se matricular em uma mentoria Marketagem, é necessário participar de uma entrevista inicial para preenchimento de um formulário sobre seus objetivos com as aulas.

Dessa forma a personalização do conteúdo programático é feita junto com você.  

Como funciona a mentoria no Marketagem

  • No site, você tem acesso a uma grade curricular padrão que lista todos os assuntos que podem ser abordados naquela mentoria. Mas, o conteúdo das suas aulas vai variar de acordo com seu objetivo. Em uma Mentoria de Performance, por exemplo, você pode ter mais aulas de SEO e menos de e-mail (tudo será acordado no primeiro encontro). 
  • Depois que você entra em contato com a gente, é agendado um encontro para deixar bem claro seu objetivo com o aprendizado. Vamos supor que trabalhar no comercial de uma empresa seja seu plano. Então é aconselhado levar as vagas que pretende se candidatar. 
  • A maior parte das aulas (que são agendadas diretamente com o professor) é presencial. Mas, há um módulo online.
  •  Ao concluir a mentoria, há algumas horas de acompanhamento online via Skype para saber como você está se saindo. 

Tipos de mentoria

  • Mentoria em Marketing Digital: para quem conquistar uma vaga em Marketing Digital ou quer aprender sobre SEO, Google Ads, Facebook Ads, E-mail Marketing e Mídias Sociais para aplicar em seu próprio negócio.  
  • Mentoria Instagram: para quem quer entender tudo sobre essa rede social (planejamento, ferramentas, conteúdo e stories) para criar estratégias para seu próprio negócio ou atuar no mercado. 
  • Mentoria de Venda B2B: para quem quer entender tudo sobre o processo de vendas e suas estratégias, qualificação de leads, percepção do valor e proposta comercial para  atuar na área comercial ou de negócios seja em sua empresa ou no mercado de trabalho.   

Quando mentoria é a melhor opção 

O auxílio de experts pode fazer toda diferença na sua carreira. Mas, para isso, é necessário que você já saiba onde quer chegar.

Então, por exemplo, você quer crescer na carreira conquistando uma vaga na área de Analista de Marketing Digital. Então é o momento de fazer uma mentoria. 

  • Recomendada para quem está começando a empreender ou quer ser empreendedor
  • Recomendada para quem está procurando emprego em Marketing Digital 
  • Recomendada para quem está em fase de transição de carreira

O que é consultoria

 

É um serviço oferecido por especialistas em algo que sua empresa precisa de orientação profissional para atingir melhores resultados.

Para solucionar o problema do cliente, os consultores realizam um processo que inclui:

  • Diagnósticos
  • Desenvolvimento de projetos
  • Análises e relatórios
  • Identificação de oportunidades  
  • Orientações para solução do problema   

Consultor não é mentor 

Diferente do que ocorre em uma mentoria, na consultoria você vai pagar pela expertise do profissional que vai entregar soluções sob medida para sua empresa.

Para isso, o consultor irá analisar dados do seu negócio para realizar um diagnóstico preciso e propor soluções eficazes. 

Então, por exemplo, você é dono de um e-commerce e quer começar a investir em busca orgânica.

Para atingir seus objetivos, será necessário contratar uma consultoria de SEO porque um expert no assunto vai analisar a situação, entender suas demandas, identificar oportunidades e dizer o que terá que ser feito para sua empresa atingir melhores resultados.

O foco não é você aprender tudo sobre SEO para sozinho aplicar técnicas e estratégias na sua empresa.

Você vai receber orientações do expert para melhorar a performance do seu e-commerce com base em análises do seu Google Analytics, das páginas da sua loja virtual, das palavras-chave, etc. 

Quando contratar uma consultoria empresarial

Se você tem uma empresa ou atua como profissional liberal e precisa da análise de um especialista para melhorar resultados na área que ele domina é hora de contratar uma consultoria. 

Conclusão

Mentorias estão em alta no Brasil, mas isso não significa que são a melhor escolha para você.

Uma dica importante, que ajuda muito na decisão de qual método de ensino investir, é saber exatamente qual seu objetivo real com a aprendizagem.

Se for, por exemplo, turbinar seu currículo e fazer networking, os cursos presenciais são escolhas mais acertadas.

Mas, se for criar uma loja virtual de roupas ou conquistar uma vaga de Analista de Marketing Digital então a mentoria é recomendada.  

Já a consultoria é para profissionais liberais ou empresários que buscam soluções de especialistas para algo que não é expertise deles.

Mas, que precisa ser feito para obter melhores resultados para o negócio.   

Daniel Arend

Co-fundador do Marketagem
Scroll to top
Abrir a conversa
1
Fale com um especialista pelo Whatsapp
Olá! 👋
Caso tenha alguma dúvida, fale com um especialista por aqui!