Telefone:
(21) 3620-8232

Produção de conteúdo

Dicas de redação para blog

A produção de conteúdo de qualidade é indispensável nas estratégias de Inbound Marketing. E o blog da empresa, em muitos casos, é peça fundamental porque reúne visitantes que, após um longo relacionamento com a marca, podem se tornar clientes.

E muitas vezes essa jornada tem início em uma despretensiosa pesquisa no Google. Já que o buscador mais usado do mundo lista para os usuários os melhores conteúdos sobre o que procuram. Então sempre que seus posts estiverem entre eles, as chances das pessoas clicarem aumentam bastante. 

Ou seja, uma boa redação para blog faz toda a diferença na atração de pessoas para esse canal. Mas, também é essencial para manter internautas navegando pelas páginas e até mesmo para incentivar conversões. 

Quer algumas dicas para melhorar seus posts? Então acompanhe esse conteúdo porque vou compartilhar alguns segredos de profissional com você. Confere só!  

Saiba exatamente para quem está escrevendo

O primeiro passo para produzir conteúdo de qualidade para blog é saber quem é  seu leitor. E isso requer pesquisas de Marketing para identificar o público-alvo e segmentá-lo, por meio da criação de personas, para que a comunicação seja mais assertiva.

Por isso saber para que perfil de leitor você está escrevendo é essencial para que eles tenham conexão com seus posts. O que facilita obter maior engajamento. O que pode resultar em mais compartilhamentos nas redes sociais, comentários no blog e até assinaturas de newsletter. 

Isso porque as personas de Marketing Digital servem para orientar a produção de conteúdo e possibilitar a criação de posts realmente úteis para os diferentes perfis de leitores do seu blog.  

Quem é redator web costuma receber no briefing todas as informações sobre a persona que precisa para produzir textos que envolvem. Já quem tem blog, precisa fazer o trabalho sozinho. 

Não sabe por onde começar a entender quem são seus leitores? Então dá uma conferida nos nossos posts sobre personas:

Una criatividade e estratégia

Quem trabalha com produção de conteúdo é considerado do time de criativos. Mas, na verdade, é necessário muito mais do que criatividade (embora ela seja mesmo indispensável) para escrever posts, gerenciar um blog e fazer Marketing de Conteúdo.

No caso da redação web, não é simplesmente deixar a imaginação fluir a cerca de um tema. É necessário muita pesquisa em fontes confiáveis, além de organizar as ideias no texto de forma clara, didática e atraente. E ainda trabalhar estrategicamente tanto o storytelling quanto as palavras-chaves no post.

A parte estratégica da redação para blogs também inclui otimização de conteúdo para SEO .E tudo isso precisa ter como base a intenção do usuário, que no caso dos blogs, é informacional já que a pessoa ainda está no topo do funil de marketing

Ou seja, no início da jornada do cliente, pesquisando para se informar, entender ou aprender sobre algo. Portanto ainda não está pronta para realizar uma compra. 

Planeje a estrutura do texto antes de começar a escrever

Se tem uma coisa que escritor tem medo é do famoso “branco”. E para prevenir esse problema, um santo remédio é criar o esqueleto do texto antes de colocar a mão na massa. 

Se você é redator web e recebeu um briefing, a dica é colar as informações no documento que será escrito e ir criando a estrutura a partir dele.

Isso vai direcionar sua pesquisa, além de evitar o nervoso de se deparar com o arquivo em branco. O que normalmente faz a pessoa não ter ideia por onde começar a escrever. E o resultado é procrastinação. Confira  outras vantagens de organizar a estrutura do texto, antes de escrever:   

  • Reduz consideravelmente as chances de ter o temido branco de escritor
  • Otimiza tempo de produção de conteúdo, sem impactar a qualidade do texto
  • Evita procrastinações porque você não vai começar do zero e não verá o documento em branco na sua frente
  • Direciona a pesquisa
  • É mais difícil fugir do tema porque você não perde o foco 
  • Você produz textos mais organizados e assertivos
  • Você já começa a escrever o post com base em hierarquia de headings e com as keywords nos lugares estratégicos

Otimize o conteúdo do blog para SEO

As técnicas de otimização de texto para os mecanismos de busca são indispensáveis para seus posts conquistarem a primeira página do Google. Confira algumas dicas de SEO para conteúdo de blog:

  • Pesquise palavras-chave relevantes: use ferramentas gratuitas para descobrir volume de busca como o como Ubersuggest. Já para estruturar o conteúdo do post, vale a pena conferir o Answer The Public e o próprio Google Search (na parte de pesquisa relacionadas)
  • Use a palavra-chave principal com estratégia e naturalidade: para isso, é só colocá-la: no título do post (Heading 1 = H1); em um dos H2; até 5 vezes em posts de  até 700 palavras (mais ou menos); com linkagem apenas 1 vez (texto-âncora); na URL e no texto ALT da imagem. Na hora de otimizar title e description no WordPress, também não esqueça dela. 
  • Explore o campo semântico: para não repetir a keyword principal, a dica é ampliar a web semântica usando variações dela ( (plural, singular, feminino e masculino), palavras-chave de cauda longa (long tails), sinônimos e termos relacionados. 
  • Produza posts com escaneabilidade: ou seja, que facilitem a leitura dinâmica do internauta de modo que ele encontre rapidamente a informação que procura. Isso  melhora consideravelmente a experiência do usuário e facilita até os robôs do Google que acabam indexando mais rápido seus posts. 
  • Crie hierarquia de headings: título (H1), subtítulos (H2),  intertítulos (H3) são o que chamamos em SEO de Headings e elas são fundamentais para a escaneabilidade do conteúdo. Vale destacar que existe uma subordinação entre elas. Para você entender melhor vou comparar H1 com o Brasil, H2 com cada estado, H3 com cada cidade. 
  • Faça linkagem interna: essa tática é fundamental para manter seu internauta dentro do blog e combater a alta taxa de rejeição. Mas, os links precisam ser naturais e coerentes com a URL de destino. Ex: se eu linkar o termo livros de marketing, ao clicar a pessoa tem que encontrar informação sobre leitura na área. Caso contrário, será inútil para ela. 

Quer dicas para usar keyword naturalmente? No vídeo abaixo, eu explico como colocar palavras-chaves sem exageros. 

 Escreva no tom de voz da marca

Se você é dono de blog, a dica é criar um estilo de escrita para reforçar a identidade dele falando a “mesma língua da persona”. Vale a pena inclusive documentá-lo para criar um manual de produção de conteúdo.

 Já se você é redator web, também precisa escrever os posts de acordo com o tom de voz da marca. Ele costuma estar registrado em um manual que informa a pegada que o conteúdo deve ter, as palavras e expressões que são recomendadas e ainda as que a empresa não quer ser associada a ela. 

Ou seja, mais do que um simples manual de redação da empresa, o guia de tom e voz da marca serve para trabalhar Branding usando  as formas adequadas de comunicação com as diferentes personas.

Não esqueça das Call To Action (CTAs)

A persuasão não é o objetivo principal da produção de conteúdo para blogs, mas ela pode fazer a diferença nas estratégias de Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing quando está no lugar certo e no tom mais adequado para um post. 

É nas chamadas para ação (Call to Action ) que dá para escrever em um blog com uma pegada um pouco mais persuasiva, mas sem deixar de lado o objetivo educacional dele. Você pode inclusive inserir CTA em qualquer parte do post (vai depender do seu objetivo com essa tática).

  • Para incentivar a pessoa a continuar a leitura: a dica é colocar CTA no último parágrafo da introdução apresentando inclusive um motivo forte para o internauta ler até o fim.
  • Para estimular comentários no post: a dica é finalizar o texto com CTA que faça uma pergunta aberta interessante para a pessoa sentir vontade de responder.
  • Para  promover um material gratuito: CTA pode estar em qualquer parte desde que faça sentido. A dica é incentivar o internauta a fazer download explicando que o conteúdo mais aprofundado é algo realmente útil para ele.

Chame para a ação, mas de um jeito orientador que é típico de blog

Uma dica de ouro é não exagerar em Call To Action em posts. O ideal é ter apenas 1 ou 2 (no início e no fim ). De vez em quando, pode até colocar um terceiro CTA no meio de um texto grande, de preferência para informar o usuário da existência de um material gratuito relacionado ao conteúdo do post.

Além disso, é fundamental que as chamadas para ação tenham um tom de naturalidade, e se possível, utilidade. Ou seja, evite um tom vendedor porque geralmente cerca de 80% dos leitores de blog costumam estar no topo do funil. E os outros 20% estão distribuídos entre meio e fundo. 

Conclusão

A redação para blog é a base para que as estratégias de topo de funil de Inbound Marketing funcionem bem. 

Por meio de uma escrita simples, mas de qualidade, seu blog pode engajar com histórias encantadoras, responder às principais dúvidas dos internautas e até facilitar o Google encontrar suas páginas. 

Quer aprender mais sobre produção de conteúdo e Inbound Marketing? Assine a newsletter Marketagem para ficar por dentro das nossas novidades. Todos os posts são escritos por experts!

Como levar seu negócio para o online

Você sabia que durante a Black Friday 2019 cerca de 84% das pessoas adquiriram produtos online em e-commerces que nunca tinham realizado transações antes? E que na mesma BF, 33% dos internautas compraram em lojas virtuais que nunca tinham ouvido falar?  

Esse comportamento de compra dos brasileiros, revelado pela pesquisa da Provokers Consultoria, é cada vez mais recorrente. E ocorre também em vários outros segmentos inclusive em empresas offline que estão também no meio digital. 

O crescimento das vendas não é o único benefício que você pode obter ao levar seu negócio para o online. Outro resultado possível com sua empresa na internet investindo em Marketing Digital é a ampliação da consciência da marca (Awareness). 

Quer descobrir como trazer seu negócio para o mundo digital? Confira esse post Marketagem até o fim porque você vai ficar por dentro do básico que é preciso fazer para isso. Confira só: 

Ter objetivos claros é o primeiro passo para o sucesso no mundo digital

Antes de investir tempo e dinheiro na criação do blog da marca e em perfis de redes sociais, é importante sempre ter em mente o real motivo de levar sua empresa também para o mundo online. 

É para aumentar as vendas? Fortalecer a marca? Independente da sua motivação, é preciso entender que ela será a base para nortear, não apenas as estratégias e ações do Marketing Digital, mas de todas as suas decisões futuras.   

Sem contar que o planejamento de Marketing Digital precisa ser baseado em dados que serão analisados estrategicamente de acordo com os objetivos do negócio no meio online. 

Eles tornam mais simples a compreensão da jornada do cliente (porque você vai passar a entender como eles se comportam no digital) e também criar ações de acordo com o  funil de marketing

Entenda bem seu público-alvo 

Antes de entrar no meio online, é importante sua empresa conhecer muito bem o público-alvo que quer alcançar e também o que já está atingindo. Como se comporta seu target no meio digital? Isso é algo que você precisa saber para assegurar o sucesso das suas estratégias online. 

Para isso, é necessário realizar pesquisas de marketing, entre outras, para analisar profundamente o mercado e seu público-alvo. E assim descobrir se vale mesmo a pena levar sua empresa para o meio online. 

  • Seu target realmente compra pela internet ou apenas consome conteúdo online antes de realizar a transação? 
  • O público-alvo tem o hábito de pesquisar online e comprar na loja física? 
  • Ou compra online, mas antes  costuma ver o produto fisicamente em um ponto de vendas offline? 

Tudo isso precisa ser pesquisado e analisado para descobrir se realmente vale a pena o investimento em canais digitais e até mesmo em quais deles. 

Entenda sua persona para investir nos canais de marketing digital mais adequados

Diferente do público-alvo, as personas da marca são as representações semi ficcionais dos clientes ideais do seu negócio. Caso sua empresa já as tenha, é importante atualizá-las periodicamente inclusive antes de entrar no digital. 

Se não tiver, é importante desenvolvê-las porque a criação de personas ajuda muito em diferentes aspectos do Inbound Marketing. Desde a escolha dos canais de marketing digital mais adequados até a orientação de produção de conteúdo para blog.  

Com essa humanização de dados, é mais fácil se colocar no lugar dos internautas e criar ações de Marketing Digital mais efetivas em todas as fases do funil. 

Então, por exemplo, se sua empresa tem personas, é mais fácil entender se vale a pena ter uma conta da marca no Instagram ou se faz mais sentido investir em Facebook Ads. Ou até mesmo se manter um blog é mesmo a melhor estratégia no seu caso específico. 

Invista em produção de conteúdo 

Criar um blog traz vários benefícios para sua empresa. Um dos mais importante é o fortalecimento da sua marca porque ela passa a ser conhecida por internautas de todo o Brasil e do mundo como autoridade no seu nicho

Sem contar que facilita ainda que seu negócio seja encontrado no Google e outros buscadores pelas pessoas certas. O que contribui bastante para a geração de leads qualificados para seu negócio, além de aumento de tráfego orgânico. 

Mas, vale lembrar que produção de conteúdo é algo mais amplo. Ou seja, vai além de conteúdo otimizado para blogs e sites. Isso porque inclui também as postagens realizadas nas redes sociais e até os vídeos produzidos para Youtube.

Distribua o conteúdo estrategicamente nas redes sociais

Marcar presença nas social medias é fundamental para começar uma conversa com suas personas e ainda distribuir os conteúdos do blog. Mas, nem sempre vale a pena criar perfil da marca em todas as redes sociais.

Na verdade, a dica é descobrir antes onde sua audiência está. No Facebook e no Instagram? Ou apenas no LinkedIn? Caso seu negócio tenha uma grande variedade de personas espalhadas pelas principais social medias, é importante se comunicar de forma assertiva com elas.

Para isso, é necessário muita pesquisa e planejamento de social media para realizar ações e campanhas mais assertivas para conectar sua marca com os clientes e prospects.

Estreite o relacionamento com campanhas de e-mail marketing

Outro tipo de produção de conteúdo é a criação de textos para campanhas de e-mail marketing. De uma maneira mais pessoal (comunicação 1 para 1 assinada por um membro da sua equipe e sem preocupação otimizações de SEO), essas mensagens precisam ser autorizadas pelos destinatários.

Dependendo da estratégia da sua marca, esses e-mails podem ser mais persuasivos e/ou informativos. Embora o ideal seja fazer um mix de ambos ( por exemplo: a cada 8 informações e conversas, 1 mensagem mais persuasiva para estimular as vendas).

Vale lembrar que as automações de e-mail marketing permitem que você realize segmentação dos contatos com maior facilidade, além de possibilitar a personalização do conteúdo que você irá enviar. O que simplifica o processo de nutrição de leads do ponto de vista tático. 

Use os mecanismos de busca ao seu favor

SEO

As pessoas estão pesquisando cada vez mais na internet antes de comprar produtos online ou em lojas físicas e começar um relacionamento duradouro com as marcas. 

Quando o seu blog responde para os internautas as principais dúvidas que eles têm relacionadas ao seu nicho, além de conferir mais autoridade a sua marca, ainda faz com que sua empresa esteja sempre viva na mente dos possíveis consumidores e clientes atuais. 

Por esse motivo é recomendado que você invista em Search Engine Optimization (SEO) quando levar seu negócio para o digital. Isso porque serão realizadas várias estratégias e técnicas de otimização de site para buscadores. 

Mas, vale lembrar que SEO está ligado à busca orgânica e traz resultado ao longo prazo. Por esse motivo se você quiser resultados imediatos para divulgação da sua marca, a dica é investir em publicidade online nos buscadores que seu público-alvo mais utiliza. 

Mensure todas as suas ações no meio online

Outra coisa fundamental que você precisa saber antes de levar seu negócio para o digital é que tudo precisa ser medido e acompanhado frequentemente para poder ser analisada. 

Para isso, será necessário usar algumas ferramentas de Marketing Digital específicas como:

Analise dados para entender o que está dando certo 

Uma das etapas mais importantes do Marketing Digital, a análise de dados é indispensável para obter bons resultados no meio online. Isso porque permite que você avalie periodicamente durante o processo o que está funcionando bem e o que precisa ser aprimorado. 

Uma das ferramentas básicas para fazer isso é o Google Analytics. Com essa solução da empresa dona do maior buscador do mundo, você pode acompanhar a performance dos principais canais em um só lugar. Além disso, é possível descobrir em quais valem a pena investir. 

Quer saber como usar o Google Analytics para investir em canais de Marketing Digital? É só assistir o vídeo abaixo porque nele eu explico como fazer isso passo a passo. 

Conclusão

Levar seu negócio para o online é uma forma eficaz de expandir a consciência da sua marca (Awareness) e atingir o maior número de pessoas certas por meio da produção de conteúdo de qualidade focada nas personas do seu negócio e na divulgação nas social medias.

Sem contar que o investimento em diferentes canais de Marketing Digital ainda colabora para o aumento das vendas online e até mesmo offline. Isso porque a jornada do cliente na era mobile está cada vez mais multicanal (Omnichannel).

Quer aprender Marketing Digital para ajudar a potencializar os resultados do seu negócio? Assine a newsletter Marketagem para receber conteúdo novo via e-mail. Vale a pena também acompanhar nossas redes sociais e Youtube!

Benefícios de ter um blog

Fundamentais na produção de conteúdo para muitos segmentos e fortes aliados do SEO, os blogs de empresas estão conquistando cada vez mais espaço na internet. 

Para se ter uma ideia, em 2017, já existia 5,5 milhões de blogs no Brasil de acordo com dados da Big Data Corp. E desse total, cerca de 82% eram monetizados com publicidade online. E certamente agora em 2020, esse número já aumentou bastante. 

Mas, não é só que tem um negócio próprio e nem grandes marcas que estão postando conteúdos em plataformas como WordPress. Até quem quer se destacar no mercado de trabalho está apostando em blogs profissionais para crescer na carreira.  

Sem contar que o bom e velho blog pessoal não perdeu seu espaço. Vale lembrar que grandes digital influencers costumam manter seus blogs pessoais sempre atualizados. 

Quer conhecer os principais benefícios de criar um blog? Então fica ligado nesse post Marketagem porque eu explico para você os motivos para investir tempo e um pouco de dinheiro nessa ferramenta altamente estratégica. Confira: 

Benefícios de criar um blog profissional

benefícios de criar um blog

Transforma você em autoridade no assunto 

Quando você escreve um post, sobre um tema que domina, em um blog  de terceiros que é referência ou até mesmo no LinkedIn, as pessoas já encaram você como autoridade no assunto. 

Agora imagina quando você mesmo cria um blog sobre esse tema que domina… Você mostra ao mercado que entende mesmo da coisa e quando precisarem de um expert certamente vão lembrar de você. 

O que pode trazer benefícios para sua carreira (mudança de emprego, recolocação profissional,  convites para palestrar, fazer lives, etc) e até mesmo para os negócios (aumento das vendas dos produtos ou serviços que você oferece, mais leads, etc.). 

Ou seja, de um jeito ou de outro, compartilhar seus conhecimentos aprofundados e expertise em um blog próprio só agrega valor a sua reputação como profissional.   

Permite começar uma conversa

A interação é algo que os blogs estimulam com o espaço para comentários abaixo dos textos postados. E uma dica para começar uma conversa com seus leitores é finalizá-los com perguntas abertas (que não seja para a pessoa dizer sim ou não).

Esse questionamento, que é uma tática chamada Call To Action (CTA), é bem estratégica já que você pode até ter insights para novos conteúdos de acordo com a resposta dos internautas. Mas, para isso, pergunte de maneira persuasiva e de acordo com seus objetivos com o conteúdo. 

Você mesmo pode criar um blog (DIY)

Outra vantagem é que para produzir conteúdos em posts não é necessário gastar dinheiro contratando webdesigners, desenvolvedores ou webmasters. Isso porque você mesmo pode criar um site do zero mesmo sem ser profundo conhecedor de linguagem HTML. 

Basta escolher um CMS gratuito como o WordPress, que oferece uma grande variedade de templates grátis (o que resolve o problema do design). E usar alguns plugins para conseguir começar suas publicações em pouco tempo e sem nenhum gasto com plataforma. 

Baixo custo

Como não precisa gastar dinheiro com mão de obra nem com plataforma, o blog é considerado um investimento mínimo que pode trazer ótimos resultados. As únicas coisas que você precisará pagar na hora de criar seu site do zero são: 

  • Domínio: é o endereço do seu site. Ele precisa ser comprado e você paga um valor inferior a 50 reais por ano ou pode pagar mais garantido ele por até 10 anos. Um exemplo, para deixar mais claro, nosso domínio é: https://marketagem.com.br/ 

  • Hospedagem de sites (host): é o provedor que irá hospedar seu blog. Existem muitas opções no mercado e elas costumam oferecer planos específicos para WordPress que incluem domínio, e-mails e CSS. Os valores variam bastante, mas você paga bem menos de 10 reais por mês na hora de contratar e menos de 30 reais mensais para renovar.

Benefícios de criar blogs da marca

a importância de ter um blog da marcaAlém de oferecer todos os pontos positivos de um blog profissional, os criados pelas empresas servem também para fazer as pessoas se conectarem com a marca de forma mais profunda. O que, sem dúvida, a fortalece bastante perante seu público-alvo. 

Faz sua empresa ser encontrada no Google mais facilmente

A produção de conteúdo em blogs não só aumenta a autoridade da marca sobre determinados assuntos como ainda permite que ela seja encontrada no Google por quem está mais propenso a consumir seu produto ou serviço. 

Isso, é claro, quando você otimiza o blog para buscadores (com técnicas de SEO) e também realiza o planejamento do conteúdo usando personas (estratégias de Content Marketing e Inbound) . 

Ao otimizar seu blog para os principais mecanismos de busca, você permite que eles encontrem suas páginas e identifiquem sobre o que cada uma delas se trata. 

Com isso, é possível indexar e ranquear as páginas no Google e outros buscadores. Portanto as técnicas e estratégias de SEO aumentam as chances de ficar na primeira página e fazem seu blog ser encontrado mais facilmente por suas personas. 

Colabora muito com SEO

Muita gente pensa que otimização de sites para mecanismos de busca é algo extremamente técnico que envolve apenas conhecimentos profundos em linguagem HTML e plugins de WordPress. Mas, isso é apenas parte do trabalho.

O conteúdo otimizado para SEO também é fundamental para que seu blog fique bem posicionado nos mecanismos de busca. Mas, para isso, é preciso que os textos dos posts sejam bem planejados, não apenas com pesquisa de palavra-chave, mas também levando em conta a intenção do usuário

É indispensável para Marketing de Conteúdo

Criar maior conexão com seu público-alvo por meio de oferecimento de conteúdo de qualidade gratuito sobre temas que sua empresa domina e que são de interesse das audiências é uma das principais funções do blog da marca. 

Isso porque ele permite tirar as principais dúvidas do seu target sobre os assuntos ligados ao seu nicho e educar a audiência sobre produtos ou serviços da empresa. 

Para isso, é necessário produzir conteúdo focado na persona e também distribuir nas redes sociais para atrair leitores e ainda iniciar uma conversa. 

Mas, antes de começar o planejamento do conteúdo, é importante se basear nas etapas do funil de marketing e a jornada do cliente.

É a base das estratégias de Inbound Marketing

Com conteúdos relevantes de qualidade, é possível atrair leitores para seu blog e mantê-los navegando nele. E ainda fazer com as que as pessoas assinem sua newsletter tornando-se leads que sua empresa precisará estreitar relacionamento por meio de campanhas de e-mail marketing

Quando esses leads ficarem qualificados (ou seja, os mais propensos a fechar negócio com sua marca), é hora da equipe de Vendas Inbound entrar em ação para aumenta os lucros da empresa.  

Blogs corporativos são estratégicos para empresas

Vale lembrar que Inbound Marketing, Marketing de Conteúdo e SEO funcionam muito bem juntos trazendo excelentes resultados como:

  • Aumento da consciência da marca (awareness)
  • Crescimento do tráfego orgânico 
  • Geração de mais leads 
  • Facilita vender mais pela internet

Conclusão

Ser reconhecido como autoridade no assunto e alcançar a primeira página do Google são alguns, dos vários benefícios, que criar um blog pode trazer. 

Sem contar que investir na centralização de todo o conteúdo produzido por você ou sua empresa ainda requer baixo investimento já que você precisa apenas pagar hospedagem e plataforma. 

Lembrou de mais algum benefício que a criação de blogs pode trazer? Compartilhe com a gente nos comentários. 

Victor Baptista

Fundador do Marketagem

UX Writer, Redator Publicitário e Redator Web: Entenda o que faz cada tipo de redator

Essa é uma dúvida comum até entre profissionais de Marketing Digital (não só de quem é universitário ou pretende entrar no mercado). Apesar de um

Qual a diferença entre Inbound Marketing e Marketing de conteúdo?

Essa é uma dúvida comum até entre profissionais de Marketing Digital (não só de quem é universitário ou pretende entrar no mercado). Apesar de um conceito ter tudo a ver com o outro, Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing não são a mesma coisa. Quer entender a diferença? Fique ligado então no nosso post.

Scroll to top