A Importância do Remarketing Google

Um dos temas digitais mais falados é, sem dúvida nenhuma, o remarketing. para podermos começar a entrar nesse debate e entender sua importância, é essencial definirmos tecnicamente essa modalidade de segmentação.

Dizemos que o remarketing é o re-impacto de pessoas que estiveram anteriormente no nosso site. Ele visa atingi-las com uma mensagem personalizada ou semi personalizada de acordo com a experiência e comportamento prévio da mesma no nosso site.

google-remarketing

O exemplo acima – do próprio Google – é um dos exemplos mais comuns no ecommerce: o reimpacto de usuários utilizando produtos que ele visualizou no e-commerce.

Vale lembrar que o remarketing não é a ferramenta mais relevante para uma loja que está iniciando sua operação digital. Para o remarketing funcionar, e produzir resultados relevantes, precisamos de tráfego no site.

Por conta de seu funcionamento, o remarketing não é a ferramenta que vai trazer novos usuários e sim re-engajar usuários que já interagiram conosco.

Ainda não está claro? Não tem problema! Esse vídeo do Google abaixo é super didático e pode ajudar a sanar suas dúvidas caso elas ainda existam:

Porque é tão debatido?

Atualmente é muito difícil acharmos uma loja virtual que não insira na sua estratégia digital o remarketing.

A possibilidade de atingir novamente pessoas que estiveram no nosso site com uma mensagem personalizada se torna ainda mais relevante no brasil onde temos taxas de conversão abaixo de outros mercados desenvolvidos no mundo.

A título de comparação: pesquisas da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) apontam que nossos varejistas virtuais possuem uma taxa de conversão média de 1,5% enquanto pesquisas da Forrester Research indicam que a mesma taxa nos Estados Unidos é de 3,01%.

O que isso quer dizer? Mais usuários abandonando o seu site sem levar nada. Um outro dado – fornecido pelo Forrester Research e pelo Ecommerce Brasil – que incentiva o uso de remarketing é o índice de abandono de carrinhos virtuais: 43% no Brasil.

E o remarketing pelo Google tem mais uma vantagem grande em comparação com o reimpacto, por exemplo, por email: não precisamos do endereço eletrônico do usuário e não estamos sujeitos ao Spam e outros mecanismos que tiram visibilidade do nosso anúncio.

Particularidades do Remarketing do Google

O que torna o remarketing do Google tão relevante é o seu inventário gigantesco.

Apenas para termos uma ideia de alcance: a rede de display do Google (inventário de espaços publicitários em sites de terceiros) contempla mais de 2 milhões de sites no mundo todo e cobre pouco mais de 90% dos usuários de internet do planeta (sim, 90% das pessoas navega em sites que cedem espaços publicitários para o Google).

No remarketing de display podemos mostrar uma mensagem dinâmica (como a do exemplo da caneca azul no começo do texto) ou podemos criar uma peça para aparecer para a segmentação que escolhemos.

Abaixo um exemplo de uma peça criada para o remarketing.

E não é só de rede de display que vive o remarketing: também podemos reimpactar nossos usuários quando eles estiverem assistindo vídeos no Youtube com vídeos personalizados.

E, por último, podemos atingir nosso usuário novamente quando ele estiver fazendo uma busca no google que nos interesse mostrando para eles anúncios de texto personalizados – essa modalidade de remarketing na rede de pesquisa é tecnicamente chamada de RLSA.

g-googleQuanto mais nós entendermos do comportamento e o momento do nosso usuário mais assertivas serão as mensagens do remarketing e mais participativo ele vai ser em termos de conversão.

A ferramenta nos permite construir diversos tipos de segmentações baseadas na navegação desses usuários no site, então basta agruparmos nossos usuários em comportamentos semelhantes, traçar a estratégia e mensagem para engaja-los novamente quando eles estiverem buscando no Google, vendo vídeos no Youtube ou navegando em sites que tenham inventário na rede de Display.

Podemos mostrar um sapato azul para usuários que já viram o modelo mas não compraram.

Podemos impactar usuários que estão vendo um vídeo no youtube e acabaram de comprar um videogame na nossa loja comunicando da promoção de jogos.

Podemos personalizar nosso anúncio do Google para usuários que estão buscando um lençol e já compraram conosco em outras oportunidades. As combinações são virtualmente infinitas, só dependemos da nossa estratégia e conhecimento do negócio para identificar as mais relevantes para o usuário e fazer o remarketing nos ajudar a converter mais.

Sobre o Autor

Professor a 4 anos e Sócio fundadores da agência e-Can há 5 anos atrás, onde atendeu mais de 50 contas com foco em performance como Levi´s, Pandora, IBM, Casa & Vídeo e outros. Após vender a sua antiga agência, fundou a BeL Partner onde leva a expertise de 10 anos de Google em grandes contas para novos entrantes digitais.

Deixe um comentário 0 comentários