CEO, CFO, CTO: Entenda o que significa cada sigla e confira algumas dicas para chegar ao C-Level

Saber até onde você pode chegar é fundamental para planejar uma carreira de sucesso. E no Marketing Digital não é diferente. Por isso eu preparei esse post, que mais do que ensinar o que significa as principais siglas do C-Level, traz algumas dicas de como se preparar para conquistar sua vaga lá um dia. 

Ou até mesmo para você ficar por dentro de quem contratar, caso você tenha como foco o empreendedorismo digital ou já tenha seu próprio negócio.  

Cargos de direção podem parecer inatingíveis quando se está em início de carreira. Mas,  não é se você começar a  entender mais sobre como conceitos de Marketing Digital funcionam na prática, ter visão de negócio e desenvolver seu lado estratégico (pensando como dono do negócio) e até mesmo se buscar entender como funcionam os processos na empresa. 

E, claro, correr atrás de desenvolver as competências fundamentais  para seu objetivo profissional para ser possível se preparar para exercer cargos executivos importantes em empresas como CEO, CMO, CIO, CTO, entre outros. 

Quer entender o que significa todas esses cargos em Marketing Digital? Então continue conferindo nosso post!  

CEO: significado da sigla e o que é  

Chief Executive Officer é o que significa essas 3 poderosas letrinhas. Ou seja, o CEO equivale ao diretor-geral de uma empresa ou ao presidente-executivo porque é a mais alta posição da hierarquia operacional da organização. Mas, vale lembrar que em grandes empresas, ele normalmente precisa se reportar ao Conselho Administrativo ou acionistas. 

Esse cargo de diretor-executivo é o mais famoso porque é comum ver matérias na imprensa com o CEO dando respostas em nome da empresa ou até mesmo em entrevistas com eles em sites e revistas de negócios. Por isso que você provavelmente lembrou logo de Mark Zuckerberg ou dos presidentes das marcas que mais gosta quando leu a palavra CEO neste post. 

C-Level 

Também conhecido como C-Suite, o termo C-Level se refere ao conjunto de cargos de diretores executivos de uma empresa principalmente em startups. Em português, C-Level pode ser traduzido literalmente como Nível C. 

E ganhou esse nome porque todos os cargos executivos começam com Chief e terminam com Officer (o que muda é a função principal que fica no meio como Marketing, Communication, Information ,Technology, etc;).   

Chief Officer: siglas e significados dos principais cargos

Na lista abaixo, você encontra alguns exemplos com foco nos que mais têm a ver com Marketing Digital. Mas, a lista completa é bem extensa e tende a aumentar com novas adaptações sendo feitas como é o caso de CSO que o significado você encontra abaixo: 

C-level

  • CMO: Chief Marketing Officer
  • CCO: Chief Communication Officer
  • CIO: Chief Information Officer
  • CTO: Chief Technology Officer
  • COO: Chief Operation Officer
  • CSO: Chief SEO Officer
  • CFO: Chief Financial Officer

Dicas para quem quer se tornar diretor executivo (Chief Officer)

Os cargos de CEO, CMO, CIO, CTO, CFO, COO, etc. são o sonho de muita gente. Para conquistá-los, é preciso anos de experiência, conhecimentos sólidos e competências específicas como a boa e velha liderança e gestão de projetos.

 Quer transformar sonho em resultado? Então se liga nas dicas abaixo: 

Planeje sua carreira desde cedo

Como você já sabe, os cargos de Chief Officer (C-Level) estão no mais alto escalão das empresas. Então a menos que você funde uma, você terá um grande caminho a percorrer no mercado. 

A boa notícia é que o tempo pode favorecer seus planos. Basta você planejar sua carreira e tomar decisões sábias que conduzam ao resultado desejado: integrar o C-Suite. Então minha dica é fazer isso o quanto antes. 

Comece já nos primeiros períodos da faculdade. Dessa forma você pode antecipar as matérias que agregam mais ao seu plano de carreira e consegue se aprofundar nas relevantes com cursos de extensão que colaborem com seu objetivo. 

E lá no 3º período (que normalmente é a exigência mínima das empresas em seleções de estagiários), é hora de correr atrás de estágios que vão levá-lo onde você quer chegar.  

Acompanhe líderes nas redes sociais para aprender e se inspirar 

Se você quer ser CEO daqui a 10 anos, a minha dica é observar o que os executivos C-Suite da empresa que você gostaria de trabalhar estão fazendo hoje. 

Também funciona seguir líderes no LinkedIn porque, além de você ver os passos que eles deram na carreira antes de chegar ao C-Level, é possível aprender com quem sabe, adquirir conhecimentos e ainda ganhar uma boa dose de inspiração e motivação para você seguir sua jornada.

Acompanhar canais no Youtube e outras redes sociais da empresa que pretende trabalhar também é fundamental. 

Desenvolva sua liderança

Ter vasta experiência como líder é requisito para ser CMO, CIO ou qualquer outro tipo de diretor executivo. Mas, não espere se tornar coordenador para desenvolver essa competência. 

Existem muitas formas de colocar em prática sua liderança até mesmo na sua vida pessoal (até porque líder não é sinônimo de chefe). Quando você luta por uma causa, por exemplo, e toma a iniciativa de coordenar e motivar equipes de pessoas que colaboram com ela, você já está exercendo sua liderança. 

Mas, não é só no trabalho voluntário que é possível fazer isso. Basta identificá-las e colocá-las em prática na sua vida ou carreira. Por exemplo, se você domina e ama um determinado assunto pode criar um blog ou canal do Youtube e divulgá-los nas Redes Sociais

Com isso, além de dar um passo importante para ser reconhecido como alguém que  saca mesmo do assunto, você ainda irá adquirir experiência em planejamento, ferramentas, análises e tomada de decisão. E se a equipe crescer, automaticamente você irá  gerenciar todo o processo. 

Reúna experiências e competências necessárias para o C-Suite

O mercado exige determinadas formações acadêmicas. Dos diretores executivos do C-Level, por exemplo, são cobrados:

  • Formação superior compatível com o cargo
  • MBA em área relevante
  • No mínimo 5 anos de experiência em função de liderança
  • Entender tudo sobre o negócio da empresa
  • Habilidades de negociação, comunicação, estratégia, gestão de pessoas, projetos e processos 
  • Skills específicos de cada cargo  

Prepare-se para a vaga específica de diretor executivo que você quer

Por exemplo: quer ser CMO ou CSO? Uma dica importante para ficar mais fácil conseguir desenvolver as competências necessárias e ter o perfil desses diretores executivos é ficar de olho nas vagas que são publicadas em sites de emprego ou da organização que você quer trabalhar. 

No caso do cargo máximo da área comercial de uma empresa, o Chief Sales Officer (CSO), por exemplo,você vai precisar entender tudo sobre proposta comercial, precificação de produtos e até mesmo briefing comercial. 

Já para ser um Chief Marketing Officer (CMO, você vai precisar não apenas saber rodar uma estratégia de redes sociais, mas de todos os canais da empresa (SEO, Ads, etc.) E entender tudo de gestão de projetos e metodologias ágeis também. Entre outros skills indispensáveis. 

Converse com empreendedores e C-Level executives quando tiver oportunidade

Antigamente fazer isso era quase impossível se você não fosse da imprensa ou do alto escalão da empresa deles. Mas, hoje em dia, dá perfeitamente.

Isso porque CEOs de startups, por exemplo, costumam estar sempre abertos a conversas em webinars, no LinkedIn e até em eventos de Marketing Digital, entre outros. 

Muitos CMOs estão conversando com você por e-mail e criam inclusive um canal para responder dúvidas. Então aproveite para fazer perguntas relevantes sobre carreira, negócios, entre outros questionamentos que possam agregar a sua vida profissional.

Conclusão

Ocupar a posição de CEO, CMO, CSO ou qualquer outro cargo de diretor executivo não precisa ser um sonho impossível. 

Se você se planejar, seguir passo a passo, estiver aberto ao aprendizado e, claro, correr atrás de desenvolver as competências necessárias com foco, determinação e paciência, é possível chegar ao C-Level sim! E lá aprender bastante até mesmo para ampliar seus horizontes e aumentar sua bagagem de experiência para depois abrir sua própria empresa e vivenciar o empreendendorismo digital. 

Quer saber mais sobre o mercado de Marketing Digital para planejar bem sua carreira, além de aprender sobre o tema? Então continue acompanhando nosso blog. E fique ligado também nas na nossa página de materiais gratuitos porque lá você encontra templates, webinars e kits que facilitam o trabalho e aprendizagem. 

Receba conteúdos exclusivos sobre Marketing Digital em seu e-mail!

Previous Post

5 dicas de livros sobre Gestão de Projetos

Next Post

Afiliados: dá para ganhar dinheiro promovendo produtos dos outros?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to top
Abrir a conversa
1
Fale com um especialista pelo Whatsapp
Olá! 👋
Caso tenha alguma dúvida, fale com um especialista por aqui!