O que aprendemos no Workshop

Na quarta-feira, dia 13/06, tivemos a oportunidade de participar do Workshop oferecido pelo Marketagem sobre o uso das redes sociais por pequenas e grandes empresas e saímos de lá inspirados.

Eles conseguiram transmitir o conteúdo de modo direto, interessante e participativo.

 

Não pareceu que estávamos numa aula em que as falas estavam sendo avaliadas.

A abordagem utilizada foi leve e incentivou a interação entre nós e os profissionais.

Sendo grandes fãs de interação, ficamos muito satisfeitos quanto a abordagem do workshop, porque sempre queríamos entender o lado do aluno jovem e de ingresso recente na faculdade em todas as questões, estando sempre dispostos a responder qualquer dúvida que surgisse.

A primeira coisa que nos disseram, como um conselho, no começo do nosso primeiro workshop foi: sejam curiosos.

A partir disso, buscamos aprender e extrair o máximo do momento, desde dicas obtidas por experiências já vividas por eles, até ensinamentos de como lidar com um problema de diversas maneiras, algo muito exigido na área de Marketing.

O que vimos do Marketagem

A essência do Marketagem é contribuir para a formação de profissionais para o mercado de Marketing Digital.

Os cursos têm temáticas atuais e inseridas no mercado de trabalho, como a Maratona de Mídias Sociais e de Adwords.

Assim, nós, futuros profissionais, temos a oportunidade de aprender técnicas e entrar em contato diretamente com ferramentas que serão fundamentais para a nossa carreira.

Uso de redes sociais pelas empresas

redes sociais

De volta ao tema do workshop, o Victor abriu o diálogo perguntando para que, em nosso ponto de vista, as marcas utilizam as redes sociais.

As respostas foram “para construir a imagem delas”, “para se divulgarem” e “para atingir um público maior e se aproximar dele”.

Em seguida, analisamos a página do Facebook de uma marca de bebidas, que estava com campanhas relacionadas à Copa do Mundo, sem focar diretamente na promoção do produto.

 

Como o Marketagem usa redes sociais

Em paralelo à isso, representando as marcas pequenas, escolhemos observar a página do Marketagem, também no Facebook.

Diferentemente da outra marca, percebemos que o posicionamento deles é focado no produto.

Na empresa grande fica uma imagem mais lúdica e conceitual, enquanto na empresa pequena, fica uma imagem mais relacionada ao produto e direta ao ponto, menos conceitual.

Divergências no conteúdo

As postagens também diferem quanto ao conteúdo, por exemplo, na rede social da marca de bebidas, o foco é desenvolver postagens lúdicas e conceituais, que buscam engajamento do público.

Já no Marketagem, as postagens se resumem a anunciar os produtos e promoções.

Desse modo, concluímos que o objetivo de grandes empresas nas redes sociais é muito mais ligado à marca e campanhas, enquanto nas pequenas e médias, o foco é mais ligado à venda e relacionamento com o cliente.

Modelos de comunicação utilizados

Aprendemos que existem dois modelos de comunicação que ficam muito claros ao analisarmos as redes sociais, são eles: o unidirecional e o bidirecional.

No unidirecional, a comunicação é de mão única, ou seja, o emissor gera a mensagem e o receptor realiza a ação desejada pelo emissor ou não.

Já o bidirecional, atualmente o mais explorado, a comunicação é de mão dupla, ou seja, ocorre um diálogo entre a empresa e o seu potencial consumidor.

Tal modelo ocorre através de blogs e redes sociais como o Instagram, Twitter e Facebook, uma vez que tais redes permitem ao leitor comentar na página da empresa/produto a qual ele pode tornar-se cliente.

As pequenas e médias empresas utilizam-se mais do modelo bidirecional, uma vez que, por não haver muitos (ou nenhum) intermediários, a comunicação  se dá de forma mais rápida.

Além disso, através desse modelo ocorre uma aproximação entre o cliente e a empresa, onde emerge o conceito de fidelização, ou seja, um sentimento de afinidade com o produto e/ou a marca, na qual a qualidade do produto e o atendimento são essenciais para manter tal relação.

O que extraímos do Marketagem

experiência no workshopApesar de termos feitos somente dois workshops (ainda!), podemos perceber a dedicação e o amor que o eles possuem pelo negócio, sempre se disponibilizando com os nossos horários restritos por conta da faculdade.

Essa experiência de aprender um pouco mais sobre o real objetivo de uma empresa usar as redes sociais e entender de que forma deve-se fazer isso foi enriquecedor e mudou a nossa visão sobre o assunto.

Antes, achávamos que a empresa grande tem o “modelo” do sucesso, e durante o workshop entendemos que não existe esse modelo, sendo sempre necessário estudar o público e focar no objetivo da empresa para não cometer erros grosseiros, além de alcançar bons resultados.

A oportunidade de poder ir e captar a mensagem dessa empresa é definitivamente uma experiência muito positiva e visionária pra vida, sendo impossível sair de lá sem o desejo de retornar para novos aprendizados.

Escrito por: Luiza Mose, Gabriela Mayall, Gabriel Pires e Nathália Santos.

Deixe uma resposta

Receba nossas postagens por e-mail

Fechar Menu